violin-338518_1920.jpg

Atualizado em 11/05/2021

ARTIGOS, DISSERTAÇÕES E TESES

 

ABREU, Vitor Chagas. Prelúdios característicos e concertantes para violino só, de Flausino Vale: cinco transcrições e análise interpretativa para viola de arco. Belo Horizonte, 2015. 164f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2015.

 

BREDEL, Pierre e CAVAZOTTI, André. Três Peças de Guerra Peixe: ama abordagem fenomenológica. (Revista Acadêmica de Música, número 12, Julho/Dezembro 􀂱 2005.

 

CASARI, Isadora Scheer. Música, Identidade e Representações Sociais: o Caso do Violista. Rio de Janeiro. 134f. 2013. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

CEVALLOS, Smith Heloisa Matos. A Sonata do Girassol Vermelho: contribuições para a literatura musical para viola. Revista Música, v. 20, n. 2, p.190 - 218, 2020. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revistamusica/article/view/175139

 

FRISEN, Rafael Ricardo. Elementos de música nordestina nas Três Peças para viola e piano de César Guerra Peixe. Curitiba, 2011.

 

GUALBERTO, Estades Basavilbaso. Origens e desenvolvimento técnico da viola. Campinas.1995.

GUERRA, Ana Cielo. Concerto para viola e orquestra de cordas de Radamés Gnattali: uma análise das implicações de performance nas decisões interpretativas. Belo Horizonte, 2017. 160f. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017.

 

HÜBNER, Paulo André. O estudante de música ativo na sua construção de conhecimento: contribuições da Técnica Alexander para o estudo do violino e da viola. Curitiba, 2014. 260f. Dissertação (Mestre em Música) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

KAKIZAKI, Walter Eiji. Aspectos gerais e técnicos do violino/viola sob a perspectiva de Carl Flesch e Ivan Galamian: suas influências na era digital. Campinas, 2014. 162f. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2014.

KUBALA, Ricardo Lobo. O concerto para viola e orquestra de Borges-Cunha: A obra e uma interpretação. Campinas, 2009. 262f. Tese (Doutorado em Música) – Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2009.

 

______. O Concerto para Viola e Orquestra de Antônio Borges-Cunha: forma e interpretação. Música Hodie, Goiânia, v. 13, n. 1, 2013, p. 199-200.

 

KUBALA, Ricardo Lobo; BIAGGI, Emerson Luiz de. A viola e seus sons: exploração de aspectos expressivos no Concerto para viola e orquestra, de Antonio Borges- Cunha. Opus, Porto Alegre, v. 18, n. 2, dez. 2012, p. 89-110.

 

KUTNER, Renato. Brasiliana n. 2 de Cyro Pereira: Análise Interpretativa, Preparação de Edição, e Redução para Viola e Piano. Campinas, 2006. 177f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006.

 

LAVIGNE, Marcos A.; BOSÍSIO, Paulo G. Técnicas Fundamentais de Arco para Violino e Viola. Rio de Janeiro, 1999. 62f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1999.

MARTINÊS, Galimberti Nunes. A performance de técnicas estendidas a partir dos estudos Viola Spaces de Garth Knox e sua aplicabilidade na Sequenzia VI de Luciano Berio. Belo Horizonte, 2013. 101f. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.

MEIRELLES, Camila Torres. Perspectivas Pedagógico-musicais para o ensino da viola no Brasil. João Pessoa, 2018. 176 f. Tese (Doutorado em Educação Musical) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2018.

 

MENDES, André Nobre. Música brasileira para viola solo. UNIRIO - Universidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro- RJ, p. 200. 2002.

MIZAEL, Hellen Dias. Sonata para viola e piano (1950) de Camargo Guarnieri: estudo técnico-interpretativo e tratamento editorial. Belo Horizonte, 2011. 185f. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2011.

 

NASCIMENTO, Francisco Darling Lopes do. Obras didáticas originais para viola e sua utilização no ensino de Graduação no Brasil: investigação e panorama histórico de seu desenvolvimento. Campinas. 2017. 182f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2017.

 

PEREIRA, Antônio Carlos de Mello. Concerto para Viola de Cláudio Santoro: Edição de partitura, redução para viola e piano e subsídios para interpretação. Campinas, 2008.

PEREIRA, Jessé Máximo. O concerto para viola e orquestra de Marco Padilha: estudo técnico-interpretativo. Campinas, 2019. 272f. Tese (Doutorado em Música) - Universidade Estadual de Campinas, 2019.

PIERMARTIRI, Leonardo; IUDICE, Henrique Tomás. Centenário de Karen Tuttle: a decodificação e o ensino de uma performance natural, unindo os elementos corpóreos, musicais e emocionais. OPUS, v. 26, n. 3, p. 1 - 22, dez. 2020

REBELLO, Ana Isabel Ferreira. Semelhanças e disparidades no ensino e na execução da viola e do violino. São Paulo. 2011. 137f. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

SILVA, Ulisses Carvalho da. Original and Transcribes Etude Books for Viola: A Reference Guide for Teachers and Students. Tese (Doutorado em Artes Musicais) - The University of Georgia, Athens, GA, 2010.

 

Mídia

DWORECKI, Perez. Revival Brazilian Music for Viola & Piano. São Paulo. Paulus, 1998. 1 CD.

DWORECKI, Perez. O Canto da Nossa Terra. São Paulo. Paulus. 2002. 1CD.

 

DWORECKI, Perez. Gaiato. São Paulo: CPC /Umes, 2004.1CD.

LACERDA, Osvaldo. Appassionato, Cantilena e Toccata. Imagem disponível

em: http://www.musicabrasilis.org.br/partituras. Acesso: 21/ set/ 2011.

LIMA, João de Souza. Chorinho para viola e piano. Partitura própria.

 
sheet-music-277277_1920.jpg

Catálogo de Música Brasileira para Viola

 

A Associação tem comunicação direta com a Academia Brasileira de Música, Biblioteca Nacional e outros órgãos de acervo e está aos poucos montando seu próprio catálogo de música brasileira escrita originalmente para viola.


Por questões relativas a direitos autorais, a ABRAV não pode disponibilizar as obras aqui listadas. De posse das informações listadas é possível encontrar as partituras à venda em sites especializados como o da Academia Brasileira de Música e em outros.

A lista abaixo esta ordem alfabética do último nome do compositor. Cada entrada fornece as seguintes informações respectivamente: Nome do compositor, título da obra, instrumentação, ano de composição (quando disponível) e outras informações pertinentes sobre a obra.

Aguiar, E. Dezviolada. Violas. 1984.

Aguiar, E. Seis duetos. Viola e viola. 1984.

Aguiar, E. Meloritmias nº 5, Ponteando, Resposta ao bilhete do Jogralrrapeixe, Convite ao amigo Cristiano Ribeiro. Viola solo. 1987.

Almeida, C. de. Miniatura nº 1. Viola e piano.

Alves, J. O. Concerto. Viola e orquestra. 2014.

Aquino, F. e Vanconcelos, R. Gosto de Brasil. Viola e piano. 1999.

Blauth, B. Sonata. T.22. Viola e piano. 1978.

Bonafé, V. Estudos sobre os estados da matéria. Viola solo. 2012.

Bonin, G. C. Tafetá. Viola solo. 2014

Borges-Cunha, A. Concerto para viola. Viola e orquestra. 2007.

Cardoso, L. Pequeno estudo, Op. 78. Viola solo. 1982.

Cavalcanti, N. H. Canções avulsas. Viola e piano. 2002.

Cervo, D. Suíte brasileira. Viola solo. 2020.

Crowl, H. Cambiata. Viola solo. 1980/83.

Crowl, H. Ipês, uma epígrafe. Viola e piano. 1996.

Crowl, H. As Impuras imagens do dia se desvanecem. Viola solo. 1999.

Crowl, H. Antíteses. Viola pomposa e orquestra. 2009.

Crowl, H. Visões do paraíso. Viola e violão. 2016.

Crowl, H. Paisagens meridionais. Viola, piano e orquestra de cordas. 2017.

Crowl, H. Solilóquio VII. Viola solo. 2017.

Crowl, H. Sonata do Girassol Vermelho. Viola e piano. 2019.

Ficarelli, M. Sonatina. Viola solo. 1985.

Frigatti, E. Três prelúdios. Viola solo. 2019.

Gnattali, R. Sonata. Viola e piano. 1969.

Gnattali, R. Concerto. Viola e orquestra de cordas - Dedicado a Perez Dworecki. 1970.

Guarnieri, M. C. Chôro. Viola e orquestra. 1975.

Guarnieri, M. C. Sonata. Viola e piano. 1950.

Guerra-Peixe, C. Três peças, Galope, Reza e Toada. Viola e piano. 1957.

Guerra-Peixe, C. Bilhete de um jogral. Viola solo. 1983.

Guerra Vicente, J. Divertimento. Viola solo. 1968.

Krieger, E. Brasiliana. Viola e orquestra de cordas. 1960.

Lacerda, O. Sonata. Viola e piano. 1962.

Lacerda, O. Appassionato, Cantilena e Toccata. Viola e piano. 1977.

Lima, J. S. Chorinho. Viola e piano. 1965.

Lunsqui, A. Manun ad Manun. Viola solo. 2019

Lunsqui, A. Moviola. Viola solo. 2019

Mahle, E. Sonata. Viola e piano. 1968.

Mahle, E. Sonatina. Viola e piano. 1976.

Mahle, E. Concertino. Viola e orquestra cordas. 1978.
Mahle, E. As melodias de Cecília. Viola e piano. 1982.

Mahle, E. Duetos modais. Viola e viola. 1991.

Mahle, E. Concerto. Viola e Orquestra Sinfônica. 2015

Mehmari, A. Sonata. Viola e piano. 2015.

Mignone, F. Sonata. Viola e piano.1962.

Mignone, F. Três valsas brasileiras. Viola e piano. 1968.
Mignone, F. Fantasia. Viola e piano. c.1960.

Moura, E. Armorialis. Viola, cello e orquestra. 2007.

Moura, E. Nouer IV. Viola e piano. 2011

Nobre, M. Sonata. Viola solo. 1963.

Nobre, M. Desafio I. Viola e orquestra de cordas. 1968.

Nobre, M. Desafio II. Viola e piano. 1968.

Nobre, M. Poema II, opus 94, no. 2. Viola e piano. 2002.

Oliveira, J. Fantasia for Solo Viola. Viola solo. 1998.

Oliveira, S. R. Música Precisa. Viola solo. 2010.

Onofre, M. Partita. Viola solo. 2012/13.

Piedade, A. Toccata. Viola e viola. 2016.

Pitombeira, L. Concerto no. 1. Viola e orquestra. 2013.

Pitombeira, L. Concerto no. 2. Viola e orquestra. 2013.

Ribeiro, A. Quase valsa. Viola e piano. 1995.

Sá, S. A passagem - da escravidão à liberdade. Viola quarteto. 2017.

Sá, S. Concertino. Viola e orquestra de cordas. 2017.

Sá, S. Fantasia. Viola solo. 2017.

Sá, S. Fantasia. Quarteto de viola. 2017.

Sá, S. Fantasia. Viola e harpa. 2017.

Sá, S. Fantasia. Viola e piano. 2017.

Sá, S. Fantasia. Viola e contrabaixo. 2017.

Sá, S. Fantasia trio cânon nº 1, 2, e 3. Viola trio. 2017.

Sá, S. Quatro caprichos. Viola solo. 2018.

Sá, S. Suíte. Viola solo. 2018.

Santoro, C. Sonata no. 1 (inacabada). Viola e piano. 1943.

Santoro, C. Adagio. Viola e piano. 1946-65.

Santoro, C. Espaços. Viola e piano. 1966.

Santoro, C. Mutationen IV. Viola e Fita Magnética. 1971/72

Santoro, C. Sonata no. 2. Viola e piano. 1982.

Santoro, C. Fantasia Sul América. Viola solo. 1983.

Santoro, C. Fantasia Sul América. Viola e orquestra. 1983.

Santoro, C. Duo. Viola e voz feminina. 1987.

Santoro, C. Concerto no. 1. Viola e orquestra. 1988.

Tacuchian, R. Toccata. Viola e piano. 1985.

Tacuchian, R. Xilogravura. Viola e piano. 2004.

Tacuchian, R. Tomilho. Viola e piano. 2015.

Tacuchian, R. Cinco miniaturas. Viola e piano. 2018.

Vargas, D. O Catraz II, engenhoca para viola solo. Viola solo. 2015.

Viana, A. Micropeças. Viola e piano. 2014.
Vieira, R. Sonata. Viola e Piano. 2004 (o compositor disponibiliza a obra gratuitamente através do contato: (roferlau@yahoo.com.br)

Villa-Lobos, H., Primrose, W., arr. Ária (Cantilena) da Bachianas brasileiras no. 5. Viola e piano. 1958 (arr.).

Villani-Côrtes, E. Interlúdio V. Viola e piano. ????
Villani-Cortês, E. Sonata. Viola e piano. 1969.

Zampronha, E. S. Perfurando a linha. Viola solo. 2002.