Uma breve história da ABRAV

     Em 2014, durante a I Mostra de Viola da UFRN realizada em Natal - RN,  os violistas e professores Camila Meirelles, Carlos Aleixo, Emerson Biaggi, Ulisses Silva, Hella Frank, Isabel Brasiliano, Miguel Kolodiuk e Paulo França se reuniram e decidiram formar uma associação. A partir desta decisão e com a contribuição de todos, foi estabelecida e registrada a Associação Brasileira de Violistas – ABRAV, cujo objetivo é fomentar a expansão e integração de conhecimentos concernentes à realidade de nossa atividade profissional no país. A consolidação da estrutura organizacional de uma associação deve preencher uma série de requisitos burocráticos previstos por lei, de modo a garantir seu bom funcionamento e respaldo a seus associados e trabalhamos para que isso possa acontecer de forma plena, mesmo enfrentando obstáculos pelo caminho. 

 

     A proposta da ABRAV é de promover a expansão e conexão de diálogos entre os diversos ambientes musicais que constituem a prática do nosso instrumento, tanto no âmbito da performance como na esfera pedagógica e acadêmica. Acreditamos que aliar o compartilhamento de conhecimento ao espírito de solidariedade nos permitirá superar desafios e que estando unidos seremos mais fortes e nossa prática, por consequência, mais eficiente.

 

     Contando com a participação de associados em todo o território nacional, nosso desejo é de ser uma entidade representativa dos interesses de todos os violistas do Brasil.

Diretoria da ABRAV

Para acessar o estatuto da ABRAV